Notícias no site
Início    Outras notícias



Conheça as vacinas prioritárias do calendário anual de imunização para o público 60+
Prefeitura.SP-21/02/2021

As vacinas são avanços importantes na prevenção de doenças, mantendo as enfermidades sob controle ou eliminando-as do nosso meio. A poliomielite e a varíola são dois exemplos de doenças erradicadas pelas campanhas de vacinação.

Na rotina de saúde, muitas ações são balizadas pelas vacinas. Os bebês, por exemplo, possuem uma agenda cheia de vacinas nos primeiros meses de vida. Elas são a sua proteção para o mundo exterior.

As vacinas garantem anticorpos e nos acompanham durante toda a vida, inclusive na idade adulta e, principalmente, na velhice. Os idosos são o grupo prioritário na vacinação contra o coronavírus e a grande maioria das pessoas com 60 anos ou mais não vê a hora de receber o imunizante. No momento atual, a vacina contra a covid-19 é disponibilizada na medida em que o município recebe novas remessas de doses e por etapas, de acordo com as faixas etárias.

Contudo, diante do cenário atual de pandemia da covid-19, muitos idosos não iniciaram ou atualizaram o cronograma de vacinação em 2020, com medo das possíveis aglomerações nos estabelecimentos de saúde.

Por isso, é importante ressaltar que, da mesma forma que cada um precisa adotar medidas de proteção individual e coletiva, as unidades de saúde também seguem protocolos com as recomendações sanitárias para evitar a transmissão do vírus.

O calendário de vacinação na capital paulista segue o Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI/MS) que, com o desenvolvimento de novos imunizantes, foi incorporando novas vacinas e ampliando os calendários básicos de vacinação para diversas faixas etárias e grupos específicos.

Todas as vacinas do calendário básico são disponibilizadas gratuitamente nas unidades públicas de saúde. Na capital, há sala de vacina em todas as 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Para atualizar a carteirinha, basta comparecer a uma unidade e apresentar a documentação com esquema de vacinação incompleto.

O calendário básico de vacinação para pessoas com 60 anos ou mais disponibiliza as seguintes vacinas:

- Dupla adulto (tétano e difteria) - Esquema de três doses com reforço a cada dez anos;

- Febre amarela - Dose única;

- Hepatite B - Esquema vacinal de três doses.

No combate às doenças recorrentes e sazonais, como a gripe, pneumonia e meningite, as campanhas nacionais são realizadas comumente nos meses que antecedem o inverno.

No calendário fixo estão:

- Influenza (gripe) - Uma dose única anual com o objetivo de evitar as formas graves de gripe;

- Pneumocócica 23-Valente (pneumonia, meningite e outras) - Duas doses para aqueles que tomarem com 60 a 64 anos e dose única para aqueles que tomarem a partir de 65 anos, bem como indivíduos que vivem em instituições fechadas como casas geriátricas, hospitais, asilos e casas de repouso.

A Sociedade Brasileira de Imunização (SBIM) ainda recomenda no seu calendário vacinas meningocócicas conjugadas ACWY/C; tríplice bacteriana acelular do tipo adulto (difteria, tétano e coqueluche); dTpa ou dTpa-VIP, contra hepatites A e herpes zoster, ainda não disponibilizadas no calendário do Ministério da Saúde. A inclusão das vacinas no calendário se dá pela efetividade e custo-benefício para a saúde pública.

VEJA AQUI O CALENDÁRIO COMPLETO COM AS VACINAS RECOMENDADAS PELA SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÃO PARA PESSOAS A PARTIR DE 60 ANOS

Vacina Sampa
Na página Vacina Sampa, a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (SMS) oferece todas as informações atualizadas sobre a vacinação contra a covid-19 (datas, grupos etários, locais, documentos exigidos, pr-e-cadastro, informes). Acesse prefeitura.sp.gov.br/vacinasampa