Notícias no site
Início    Outras notícias



RJ Alimenta distribui mais de 250 mil refeições em 40 dias
Governo do Estado do Rio de Janeiro-15/10/2020

O programa RJ Alimenta, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, distribuiu mais de 250 mil refeições - entre café da manhã, almoço e jantar - nos seus primeiros 40 dias. Foram mais de 196 toneladas de alimentos. As refeições gratuitas beneficiaram pessoas em situação de vulnerabilidade nos Restaurantes Cidadãos de Nova Iguaçu, de Duque de Caxias e da Central do Brasil durante a pandemia da Covid-19. A meta era distribuir 180 mil refeições por mês.

- Esta população que foi impactada de forma devastadora pela pandemia não poderá aguardar a reabertura dos Restaurantes Cidadão que estão em reforma após serem fechados há 3 anos. Esta é uma medida emergencial até que os restaurantes sejam completamente reformados. Além de comida, o RJ Alimenta oferecerá um serviço técnico e qualificado com profissionais capacitados para auxiliar e tirar dúvidas simples como acesso a documentação, por exemplo - afirmou a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Cristiane Lamarão.

Beneficiado pelo programa, Reginaldo Conceição, de 28 anos, mora nas ruas próximas à Central do Brasil e aproveitou a presença dos assistentes sociais para pedir uma vaga em um abrigo.

- Moro na rua há 10 anos e venho aqui todos os dias para as três refeições. Não tenho família e quero ir para um abrigo para me levantar e trabalhar. A assistência social também me ajudou a tirar os documentos - contou.

Segundo a assistente social da Fundação Leão Xlll Priscila do Carmo, que é a responsável pela unidade da Central do Brasil, houve um aumento de pessoas em situação de rua durante a pandemia.

- Nós temos um público muito grande, e há dias que a gente distribui as mil refeições em 30, 40 minutos. Eles contam para nós que, se não tivessem essa oferta aqui, não teriam como se alimentar - afirma Priscila.

De acordo com pesquisa realizada pelo programa, 66,3% dos atendidos são homens e 32,5%, mulheres. Cada uma das unidades distribui pouco mais de 1,5 mil refeições por dia: café da manhã (das 7h às 9h); almoço (das 12h às 14h); e jantar (das 17h às 19h).

Documentação

Além das refeições, os beneficiados também podem solicitar isenção de taxa para documentação básica e encaminhamento para abrigos parceiros por meio da Fundação Leão XIII. Em 30 dias, foram 76 solicitações de certidões de nascimento e registros civil.