Notícias no site
Início    Outras notícias



Turismo de SP recebe R$ 400 milhões para retomada do setor
Governo do Estado de S. Paulo-11/09/2020

O Ministério do Turismo e o Desenvolve SP fecharam parceria para destinação de mais R$ 400 milhões a empresas do setor turístico pelas linhas de crédito do Fundo Geral do Turismo – Fungetur. O aditivo amplia a capacidade de auxiliar a recuperação e retomada das empresas paulistas de um dos setores mais impactados pela pandemia do coronavírus.

O acordo foi feito durante reunião de alinhamento entre o Secretário Executivo do Ministério do Turismo, Daniel Nepomuceno, e o Presidente do Desenvolve SP, Nelson de Souza, além do Presidente da Agência Estadual de Fomento do Rio de Janeiro (AgeRio), Alexandre Rodrigues, do Vice-Presidente da Badesul (RS), José Claudio dos Santos, e do Vice-Presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Wilson Bley Lipski.

“Nosso objetivo sempre foi dar condições para que o turismo consiga sobreviver aos efeitos da pandemia e, assim, preservar empregos e se preparar para a retomada das atividades”, disse o Secretário Executivo, Daniel Nepomuceno. “O Fungetur tem se mostrado ferramenta imprescindível para o setor”, concluiu.

“Reuniões como essa são fundamentais para decidirmos juntos como injetar recursos de forma eficiente a favor da retomada das atividades econômicas. O auxílio emergencial das empresas é o capital de giro, por isso reforço que é fundamental esta união para as ações continuarem funcionando”, afirmou o Presidente do Desenvolve SP, Nelson de Souza.

“Quem pode fazer mais tem que ser prestigiado, e o Desenvolve SP tem capacidade de fazer essa distribuição”, destacou o Vice-Presidente do Badesul, José Claudio dos Santos, ao declarar seu apoio à parceria.

Através do Desenvolve SP, os recursos serão disponibilizados por meio de linhas de crédito com condições facilitadas – taxas reduzidas e prazos estendidos. As empresas podem solicitar crédito para capital de giro e financiamento para projetos de investimento, máquinas e equipamentos. As condições das três linhas Fungetur compreendem juros reduzidos de 0,41% ao mês e prazo estendido de até 120 meses, com até 36 de carência, além de garantia por meio do Fundo Garantidor e aval dos sócios.

Recursos

A liberação é resultado de constantes negociações realizadas pelo Desenvolve SP, com apoio da Secretaria Estadual de Turismo, para acessar mais recursos do fundo e continuar ajudando empreendedores.

Dentro do período da pandemia, o Desenvolve SP já liberou, somente pela linha Fungetur, mais de R$ 91 milhões em 498 operações de capital de giro. Outras 341 operações, que correspondem a quase R$ 64 milhões, foram aprovadas e seguem para liberação, totalizando mais de R$ 154 milhões em crédito para o setor turístico. No total, a empresa disponibilizou mais de R$ 900 milhões para diversos setores, sendo R$ 475 milhões oriundos de recursos próprios.

Gustavo Oliveira, sócio-administrador do Hotel KK, localizado no município de Itu, conta que o crédito da linha Fungetur ajudou a reduzir prejuízos e manter empregos. “Quando a pandemia começou, iniciamos um planejamento emergencial com foco em captar recursos no mercado. Fizemos o processo de solicitação virtual com o Desenvolve SP e conseguimos taxas muito abaixo do mercado, o que nos ajudou a cobrir prejuízos e manter os empregos de nossos funcionários.”

André Soares, representante da Pizzaria Del Vecchio, de Boituva, também socorreu a empresa por meio da linha operada pelo Desenvolve SP: “Como somos uma pizzaria, com a chegada da pandemia nosso atendimento presencial acabou, então tivemos uma queda bastante brusca e repentina no faturamento. Com o recurso, conseguimos continuar pagando nossos funcionários e honrando nossas contas com fornecedores”.