Notícias no site
Início    Outras notícias



Concurso busca iniciativas de design para solucionar problemas da pandemia
USP-25/06/2020

O conceito de “novo normal” traz regras e formas de convivência consideradas normais durante a pandemia. Isolamento social e atividades remotas para evitar aglomerações são exemplos. A campanha Semeando Ideias – Design for Emergency, desenvolvida em parceria com a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, busca iniciativas de design para solucionar problemas gerados neste contexto. As propostas podem ser inscritas até o dia 15 de julho. 

O concurso quer engajar designers em torno de soluções voltadas aos problemas, necessidades e emoções das pessoas vivendo em distanciamento social. Além de iniciativas de design, produtos e serviços também podem ser inscritos.

O projeto foi lançado pelo Centro de Design da Universidade Northeastern, de Boston, sob liderança dos professores Sara Colombo e Paolo Ciucarelli. A versão brasileira é coordenada por Denise Dantas, líder do grupo de pesquisa Design em Ação, da FAU-USP, e conta com o Museu da Casa Brasileira (MCB) nesta etapa final. 

A primeira etapa foi constituída por um questionário on-line disponibilizado no site Design for Emergency, entre 15 de abril e 29 de maio. O objetivo era compreender as situações e problemas enfrentados pelos brasileiros durante o período de isolamento. Ao todo, mais de 2 mil pessoas de todas as regiões do Brasil participaram da pesquisa. Os resultados internacionais do projeto também estão disponíveis no site.

A versão brasileira do Semeando Ideias incentiva trabalhos que considerem as especificidades de países em desenvolvimento, cujas situações de vulnerabilidade possam ser minimizadas por meio de soluções de design com impacto social. Dessa forma, busca contribuições de alcance social abrangente, que atendam consumidores e não consumidores de design em seu cotidiano. 

“O Museu da Casa Brasileira, neste contexto e momento delicado em que estamos inseridos, acredita no design como ferramenta importante para a reflexão e a proposição de ideias. Valorizamos o campo trabalhando em conjunto com o grupo de pesquisa da FAU-USP, convidando profissionais e estudantes a participar do desafio e a movimentar propostas em consonância com a realidade global atual”, destacou Miriam Lerner, diretora geral do MCB.

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do País especializado em arquitetura e design.