Notícias no site
Início    Outras notícias



Petrobras e Sebrae vão financiar empresas inovadoras de tecnologia
Agência Brasil-05/07/2019

A Petrobras fechou parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para financiamento e apoio tecnológico e de gestão para startups (empresas emergentes) e pequenas empresas inovadoras de base tecnológica. A iniciativa integra o programa Petrobras Conexões para Inovação, cujo objetivo é estimular o desenvolvimento de soluções para atender às necessidades de negócio do setor de petróleo, gás e energia.

O primeiro edital, no valor de R$ 10 milhões, foi lançado nesta sexta-feira (5) e ficará com inscrições abertas até 5 de setembro próximo. O Sebrae-RJ vai desempenhar o papel de gestor executivo, informou à Agência Brasil a coordenadora de Petróleo, Gás e Energia da instituição, Maíra Campos. Ela salientou que, diferentemente de outras iniciativas que utilizam recursos de inovação da operadora do setor de petróleo e gás, com a entrada do Sebrae, "a gente vai possibilitar que o recurso vá diretamente para a pequena empresa, o que é novidade nesse modelo".

Além de liberar o recurso, o Sebrae-RJ vai acompanhar sua aplicação na forma técnica e financeira e vai também aprovar, de forma intermediária, a prestação de contas, "porque o empresário que desenvolve tecnologia não consegue se acostumar a isso".

A coordenadora disse que, adicionalmente e com a evolução do projeto, deverão ser criados indicadores, bem como um programa para aumento da competitividade da empresa. O Sebrae-RJ vai prover o conhecimento necessário para acompanhamento e desenvolvimento do projeto, por meio de consultores externos. "Ou seja, com o desenvolvimento e sucesso do projeto tecnológico, a empresa estará mais capacitada para desenvolver novos projetos, o que possibilitará, inclusive, que ela venda internacionalmente, que é o grande papel do Sebrae", destacou Maíra Campos.

Aprovação final

Segundo explicou o líder do projeto, Ricardo Ramos, consultor do Centro de Pesquisas Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), unidade da Petrobras responsável pelas atividades de pesquisa e desenvolvimento, o Sebrae-RJ terá um papel fundamental no suporte aos demais Sebraes estaduais para poder articular toda a parte administrativa junto à Petrobras de prestação de contas e de acompanhamento dos projetos, inserindo os polos de trabalho no sistema da empresa. O Sebrae-RJ também vai viabilizar suporte para as empresas fluminenses.Ramos acredita que já a partir da próxima semana, o edital vai estar disponível na íntegra no site do Sebrae, com endereço específico. "E a partir dali, as empresas já poderão conhecer todo o mecanismo de seleção, toda a questão dos critérios, tudo detalhadinho como vai ser fase a fase, para a gente selecionar os projetos".

O processo seletivo tem o suporte do Sebrae de ponta a ponta em todas as fases, incluindo a organização do workshop técnico, junto com a Petrobras. Mas a banca de seleção final vai ser constituída somente pela Petrobras. Isso significa que durante todo o processo, o Sebrae dará às empresas candidatas todo o suporte necessário para desenvolvimento dos projetos e submissão de propostas. Para as empresas que não tiverem recursos para participar do encontro técnico no Rio de Janeiro, a Petrobras vai disponibilizar mecanismos para que elas possam participar de forma remota.

Na fase final, a Petrobras fará a seleção dos projetos aprovados. Ricardo Ramos disse que a metodologia adotada prevê o lançamento de editais sucessivos. "A gente acredita no sucesso desse primeiro edital. A gente fez um modelo para dar certo, a gente quer que dê certo. E dando certo, vai ter novo editais no próximo ano e assim sucessivamente".

Fortalecimento da cadeia