Notícias no site
Início    Outras notícias



Startup brasileira vence competição internacional em bioeconomia
Agência Fapesp-20/10/2017

A startup brasileira SANergya, criada por estudantes de mestrado e professores da Universidade de Taubaté (Unitau), no Vale do Paraíba, sagrou-se vencedora da primeira edição da Global Biobased Business Competition (G-BIB), cuja final ocorreu na Brazilian Bioenergy Science and Technology Conference (BBEST) 2017, em Campos do Jordão.

Como prêmio, a equipe receberá € 10 mil para executar o projeto de negócio que desenvolveu – um sistema inovador que consegue produzir biogás, biofertilizantes e enxofre a partir da fermentação anaeróbica de efluentes.

“Não imaginávamos vencer a final internacional, já foi uma surpresa termos vencido a final da etapa brasileira [que ocorreu no início de julho na FAPESP], disse Fabrício Miguel Farinassi, mestrando em engenharia de produção na Unitau e integrante da SANergya, à Agência FAPESP.

A equipe brasileira disputou a final internacional da competição entre estudantes de mestrado e doutorado, que seleciona o melhor modelo de negócios baseado na produção sustentável nas áreas de biocombustíveis e biomateriais, com uma equipe da Holanda e outra da Alemanha, cujas propostas de negócios são substituir corantes artificiais por naturais nas indústrias de alimentos e cosméticos, entre outras.