Notícias no site
Início    Outras notícias



1ª Semana da Consciência Negra será realizada na USP Leste
Prefeitura.SP-16/11/2009

As atividades da Semana da Consciência Negra da USP Leste acontecerão nestas segunda, terça e quarta-feiras (16, 17 e 18/11), das 9h às 12h e das 19h às 22h. O projeto faz parte do Mês da Consciência Negra, e reunirá alunos e professores.

A Secretaria Municipal de Participação e Parceria apóia a realização da Semana da Consciência Negra da USP Leste. O projeto faz parte do Mês da Consciência Negra e reunirá professores do ensino médio e da universidade, alunos e comunidade, para uma reflexão sobre o tema. As atividades serão nestas segunda, terça e quarta-feiras, dias 16, 17 e 18 de novembro, das 9h às 12h e das 19h às 22h, no prédio da USP Leste, localizado na rua Arlindo Béttio, 1.000, Ermelino Matarazzo.

A Semana tem o objetivo de discutir a amplitude da questão racial brasileira e contribuir para a compreensão da identidade do negro no Brasil, levando em consideração a posição do negro na sociedade. O tema proposto para este ano será “Onde está o negro?” Para fazer o debate, serão realizadas intervenções culturais, exibição de vídeos, apresentações e palestras.

O evento terá como público-alvo estudantes da universidade, alunos e professores de ensino médio e de algumas escolas estaduais dos bairros vizinhos à USP Leste, ONGs e todos que têm interesse em conhecer e discutir a cultura e a história afro-brasileira. A estimativa é que cerca de 400 pessoas participem das atividades.

A iniciativa do projeto partiu dos próprios alunos, a maioria do curso de gestão de políticas públicas, que buscaram parceria com a Coordenadoria de Assuntos da População Negra (Cone) e o apoio da diretoria da universidade. A estudante Milena Guesso Leão de Lima, 22, uma das organizadoras do projeto, diz que a idéia surgiu de um grupo de alunos que são interessados na questão racial no Brasil. “A gente acha que essa questão precisa ser mais discutida na faculdade, mas não só dentro dela. Queremos que a Semana ultrapasse esse espaço e outras pessoas também conheçam a história e discutam os problemas que os negros ainda enfrentam”.

Milena conta ainda que espera que o evento seja um espaço para discussão não só social, como também racial e fala da importância desses debates: “Precisamos falar mais sobre isso. Trazer a história da matriz africana para que todos a conheçam e discutir a questão racial até que ela se torne pauta constante na agenda política”.

As atividades são abertas a todos que queiram participar. Não é necessário fazer inscrição. A entrada é gratuita.

Confira a programação do evento

Dia 16 de novembro
19h30 - Abertura da Semana - Onde estão os Negros?
20h - Debate sobre Democracia Racial
21h30 – Sarau

Dia 17 de novembro
Qual a cor da universidade?
8h30 - Exibição do curta-metragem Vista a minha pele
9h - Debate sobre a situação educacional do negro
10h30 – Maracatu - Cia Porto de Luanda
14h - Palestra sobre ensino superior
15h30 – Documentários e debate sobre a questão racial
17h - Dança Popular e Teatro de Rua - Trupe Arruacirco
19h30 - Debate sobre a Lei nº 11.645/08
21h - Oficina de Psicodrama

Dia 18 de novembro
8h30 - Exibição do Documentário - Kiara, corpo de rainha
9h30 - Debate sobre a Construção Midiática do Negro
19h30 - Exibição do Documentário - Zumbi Somos Nós
20h30 - Debate sobre o espaço urbano e social do negro. Discussão sobre Racismo
21h30 – Apresentação da Casa do Hip Hop de Cidade Tiradentes